quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Brasil - Rio de Janeiro, Cidade Maravilhosa - Março 2016

Porque a vida é para além do que nos acontece, porque também tem muito a ver com a nossa capacidade de apreciar/notar, ontem a tarde foi fantástica! 
O Leandro levou-me a uma elevação muito perto do Cristo, o mirante de Santa Marta, que nos oferece um paisagem de cortar a respiração.
O Rio é uma cidade maravilhosa! É maravilhosa porque o recorte geográfico é inacreditável, com direito a uma lagoa gigante e a uma baía (que nem parece tal é a dimensão) naturalmente virada para o mar.
E é aqui que a música "moro num país tropical, abençoado por Deus, e bonito por natureza" ganha um novo sentido. Porque é difícil acreditar que haja uma cidade igual, e não há comunidades (a forma como chamam atualmente às favelas) que possa diminuir um pouco que seja essa mesma beleza. Na verdade, para mim, acabam por contribuir para o seu encanto.

Hoje saí de casa, às 9h30, decidida a ir ao Morro da Urca antes de almoçar com o Paulo Henrique e com a família dele, que é muito querida.
Bem, não há explicação... estive uma hora a tentar alugar uma bicicleta, com a assistência telefónica do Leandro. Uma coisa de doidos (que me fez rir disparatadamente) e não dá para explicar porque foram precalços atrás de precalços!
Acabei por ir a pé e chegar à praia pelas 11h, após o Leandro fazer a surpresa de me apanhar e tentar dar boleia (sendo que o carro deixou de funcionar no momento em que eu entrei nele - dá para acreditar?!).
Mal pus o pé na areia, começou a chover torrencialmente, coisa que demorou uma boa hora e meia. Tinham-me dito que inicialmente que seria uma chuva rápida e eu estava decidida a tomar banho e foi isso que fiz. E o bem que me soube estar a nadar na praia vermelha, a ver aquela paisagem maravilhosa, com a chuva a cair em gotas grossíssimas!
Passado aquele tempo, a chuva parou e deu lugar ao sol amarelo e a um calor abafado, devolvendo a cor verde às árvores, o azul ao mar e o branco ao céu... é, há razões para a bandeira do Brasil J

(Nota: Esta crónica é relativa a uma viagem realizada em Março de 2016)

2 comentários:

  1. Adorei a crónica! Que saudades do Rio, dessa cidade Maravilhosa ❤️!!! Beijinhos

    ResponderEliminar