Portugal - "Amigos P'ra Vida" / "Associação Candeia" - Social Project - Apr 2017


For a English Version please scroll down

Abril é o mês internacional da prevenção dos maus-tratos na infância, um tema delicado mas que, na minha opinião, é importante que seja discutido por todos.

Julgo que há alguma tendência para deixarmos este tipo de assuntos para profissionais e instituições especializadas na área, como se o nosso papel fosse apenas o de não infligir ou procurar impedir maus-tratos às crianças que são “nossas” (sejam elas filhos, familiares, amigos ou conhecidos).
Queria dar-vos uma boa notícia! É de facto possível ter um papel mais activo nesta área, ser mais participativo enquanto cidadão comum.

Faz pouco tempo recebi um e-mail da minha prima Concha a divulgar um projecto chamado "Amigos p'ra Vida".




A sua missão é arranjar famílias ou pessoas que tenham disponibilidade para estabelecer uma relação privilegiada com crianças ou jovens institucionalizados. Dito de outra forma, que se disponham a ser amigos muito especiais, “p’ra vida”!

Já tinha ouvido falar num projecto semelhante por parte de uma ONG e assumo que achei graça ao conceito pelo que resolvi pesquisar do que se tratava.

Contactei a Sofia Marques, uma das fundadoras, que me explicou que este projecto nasceu a partir de animadores voluntários da Associação Candeia, uma instituição de solidariedade social que tem por missão a animação de crianças e jovens institucionalizados.

Alguns destes animadores criaram laços fortes com os participantes, em colónias de férias e outras actividades da associação. Perceberam a importância que estes laços tinham para estas crianças e o enriquecedor que era para eles próprios e decidiram dar continuidade a essas relações estabelecidas, fora daquele contexto. Estas crianças e jovens precisavam também de vivências em ambiente familiar. 


Começaram a organizar-se e, apesar de se terem constituído oficialmente apenas em Dezembro de 2015, vieram apenas formalizar o que já faziam há muitos anos na Candeia (criada em 1991). Actualmente têm como parceiros cerca de 20 instituições na Grande Lisboa, com quem articulam regularmente. Apostam num maior envolvimento da sociedade civil (de preferência desta área geográfica), para poderem abranger o maior número de crianças/jovens possível.

Deixo-vos algumas informações que me parecem importantes para os mais interessados.
- Existem várias formas de apoiar estas crianças/jovens, dependendo das suas necessidades: apoio aos fins-de-semana e férias, acolhimento temporário, apoio escolar na instituição, fazendo apadrinhamento civil, apoio junto da família biológica (roupa, brinquedos, produtos, vacinas, assessoria, entre outros).
- Qualquer família ou pessoa maior de idade está em condições de poder fazer parte deste projecto. Para tal basta ir ao site “Amigos P’ra Vida”, preencher e enviar o questionário disponível.
- Num curto espaço de tempo, a equipa do projecto entra em contacto e marca uma reunião para prestar todas as informações e esclarecimentos que os potenciais voluntários pretendam.
- É feito um processo de selecção e de matching no qual estão envolvidas a equipa do projecto e a equipa da instituição que for responsável pelo acompanhamento da criança em causa.
- O que se pretende é o estabelecimento de uma relação, mas a aproximação é progressiva .
- As famílias são acompanhadas ao longo de toda a relação com a criança/jovem que estão a apoiar, pela equipa do projecto

Como uma verdadeira amizade, que se pretende duradoura, ninguém espera que a mesma aconteça de um dia para o outro. O que é imediato é o desejo que ela ocorra.
Boa ideia, não? Embora lá então!

English version

April is the international month for the prevention of child maltreatment. This is a delicate topic but, in my opinion, it is important to be discussed by all of us.

I think there is a tendency to leave this kind of issues to professionals and specialized institutions in the area, as if our role were simply not to inflict or try to prevent maltreatment of children who are "ours" (our children, family, friends or children that we know).

Well, I want to give you some good news! It is indeed possible to have a more active role in this area, to be more participant as a citizen in Portugal.

Short time ago I received an email from my cousin Concha informing about a project called "Friends for Life"  - "Amigos p'ra Vida".

Its mission is to arrange families or people who are willing to establish a privileged relationship with institutionalized children or young people. In other words, people who want to become very special friends, "friends for life"!

I had heard about a similar project from an NGO and I assume that I liked the concept so I decided to research what it was about.

I contacted Sofia Marques, one of the founders, who explained to me that this project was born from volunteer animators from the Candeia Association - Associação Candeia, a social solidarity institution whose mission is the animation of institutionalized children and young people.

Some of these animators have built strong ties with participants in holiday colleges and other association activities. They realized the importance these ties had for these kids and the enrichment that was for themselves. They decided to continue these established relationships outside of that context. These kids  were also needed experiences in a family environment.

They began to organize themselves, and although they were only officially constituted in December 2015, they just formalized what they had already done for many years in Candeia (created in 1991).
At this moment, they have about 20 institutions as partners, in Greater Lisbon, with whom they articulate regularly. They bet on the involvement of civil society (preferably in this geographical area) in order to cover as many kids as possible.

For the most interested, I leave you some information that I find important.
- There are several ways to support these kids,
depending on their needs: weekends and holidays, temporary shelter, school support at the institution, making civil patronage, giving support to the biological family (clothing, toys, products, vaccines, advice, among others).
- Any family or adult person is able to be part of this project. In order to do it, you simply go to the "Amigos P'ra Vida" site, fill out and send the available questionnaire.
- In a short time, the project team contacts and marks a meeting to provide all the information and clarifications that potential volunteers need.
- A selection and matching process is carried out by the project team and the team of the institution responsible for monitoring a specific kid.
- What is intended is the establishment of a relationship, but the approach is progressive.
- Families are accompanied by the project team, throughout the relationship with the kid they are supporting, 

As a true friendship, which is intended to last, no one expects it to happen from one day to the other. What is immediate is the desire that the friendship comes to light.
Good idea, right? So, Let’s do it!




Comentários

Mensagens populares deste blogue

Portugal - Projecto "Moreira Team" / Figueira da Foz - Jun 2017

Portugal - Florescer / Linda-a-Velha - Jun 2017

Espanha - Camino Santiago / Finisterra - Apr 2017